O nascimento de uma lenda

Charge para o Jornalistas & Cia

A charge dessa semana é novamente sobre a Fera Popó (a mesma que não repassou uma ligação do Parreira para a redação em plenas eliminatórias da Copa de 94…). A história é mais precisamente, sobre a origem de seu apelido. Confiram:

Vera trabalhava na Revista Domingo do JB, como estagiária. Deve ter ficado lá duas semanas (era o máximo que cada editoria aguentava). Um dia, como devia ser meio surda, começou a gritar no telefone durante a apuração sobre preço de pratos para a coluna de gastronomia:

– Por favor, quanto é o popó?

Pelo visto, o sujeito do outro lado da linha não entendeu o que ela queria dizer. Por isso ela continuou, cada vez mais alto:

– O popó? Quanto é? Quanto é o popó?

As pessoas olhando em volta. A redação já quase toda parada em função da gritaria. Ninguém entendia coisa alguma.

– Por favor, meu senhor, eu quero saber o preço do popó… Quanto está o popó? Popó… Popó de caparão…

Naquele dia, Vera virou Fera. Fera Popó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.