3 x Jornalistas & Cia

Tenho atualizado pouco o blog por conta da correria de ultimamente. Seguem abaixo as três charges mais recentes que fiz para o Jornalistas & Cia.

A primeira, do dia 16/09, foi sobre Renato Modernell (ex-Época, entre outros veículos, e atualmente professor do curso de Jornalismo do Mackenzie) que dquiriu três lotes de seus próprios livros publicados por diferentes editoras. E o fez com o objetivo de recolocá-los em circulação, de forma direcionada, em nichos de mercado (escolas, instituições culturais, como brindes etc.), por preços bem mais em conta. São eles Meninos de Netuno (R$ 18), Sonata da última cidade (R$ 24) e Viagem ao pavio da vela (R$ 20). As sinopses podem ser conferidas no site do autor, o www.renatomodernell.com.br. Informações com ele próprio pelo e-mail renatomodernell@uol.com.br.

A segunda, do dia 23/09, foi sobre José Mojica Marins, o Zé do Caixão, que foi o editor convidado do caderno Variedades do Jornal da Tarde que circulou no dia 25/9. Entre as matérias, estavam: os endereços mal assombrados de São Paulo; a história de pessoas que trabalham ‘entre a vida e a morte’, como  funcionários do Instituto Médico Legal; coveiros e maquiadores de cadáveres; o  perfil de um homem conhecido por Cemitério, que coleciona caixões em casa; e a história de uma banda chamada Sociedade Grã Ordem Mojiquista, seguidora fiel do cineasta. De quebra, a aventura de um repórter do JT que resolveu passar uma noite na casa do cineasta, que é o décimo convidado do projeto que circula sempre na última semana de cada mês.

A terceira e mais recente, do dia 30/09, é sobre o Grid Computing, uma tecnologia que aproveita o tempo ocioso dos computadores para acelerar pesquisas científicas e que acaba de ganhar um novo parceiro, a In Press Porter Novelli.

Quem tiver interesse em participar do WCG, basta acessar o site www.worldcommunitygrid.org , registrar-se como membro e iniciar o download. Após o registro, o micro será utilizado todas as vezes em que estiver inativo, buscando, calculando e devolvendo dados ao servidor da organização. Segundo garantem os idealizadores do programa, ele não torna o computador mais lento e não causa nenhum dano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.