Caricatura

Caricatura do doidão do Davi Calil, professor de ilustração e pintura lá na Quanta.

Acertando em cheio o público-alvo

Charge da semana pro Jornalistas & Cia.

A página do The Wall Street Journal que por 15 anos foi
veiculada no Estadão estreou nesta 2ª.feira, 13/8, no
caderno Empresas do Valor Econômico. Trocou, desse modo,
um veículo com uma tiragem maior (240 mil pelos dados do
IVC para 2007), porém geral, por outro com uma
circulação menor (51 mil), porém essencialmente
dirigida e focada no segmento empresarial.

Caricaturas

Nunca foi minha especialidade, mas estou estudando um pouco esse negócio de caricatura. Só diversão 🙂

Esboços

Segue uns rascunhos de personagens para uma nova HQ curtinha que estou desenvolvendo.

O glorioso protagonista em todo seu esplendor 😛

E os coadjuvantes

9° GP Ayrton Senna de Jornalismo

Charge da semana pro Jornalistas e Cia.

Estão abertas as inscrições para o 9º GP Ayrton Senna de Jornalismo, que tem como tema Educação para o Desenvolvimento Humano. O Prêmio, que estimula a produção de trabalhos que contribuam para a melhoria da qualidade do ensino no Brasil, tem cinco categorias: jornal, revista, televisão, rádio e fotojornalismo. O vencedor de cada categoria receberá R$ 20 mil. Concorrerão trabalhos publicados nos anos de 2006 e 2007, e as inscrições vão até 31/12. Informações e inscrições pelo www.gpayrtonsennadejornalismo.org.br .

E uma salva de palmas pro nosso sistema de ensino neeeem um pouco elitista: clap.
R$ 20.000,00 é pouco pra quem realmente consegue melhorar essa budega de alguma forma…

Até a próxima

Trema, tremei!

Charge da semana pro Jornalistas & Cia.

Pros que ainda não sabem a língua portuguesa passará em breve por uma reforma ortográfica. Entre as maiores mudanças está o fim do trema, este acento tão esquecido e tão pouco usado vai pro beleléu de vez, coitado…

O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, aprovado em 12/10/90, em Lisboa, que prevê a unificação da ortografia na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, entrará em vigor em janeiro de 2008. Segundo especialistas, ele constitui um passo importante para a defesa da unidade essencial da língua portuguesa e para o seu prestigio internacional, já que é terceira língua ocidental mais falada, depois do inglês e do espanhol. Embora as modificações propostas pouco representem no todo da língua – calcula-se que mude apenas 1,6% do vocabulário de Portugal e menos ainda, 0,45%, no Brasil –, elas certamente demandarão tempo e até algum sofrimento para que as pessoas se acostumem com a nova grafia de diversas palavras. Precisaremos, por exemplo, deixar de acentuar as paroxítonas terminadas em “o” duplo, como “abençôo”, “enjôo” e “vôo”, pois elas passarão a ser grafadas “abençoo”, “enjoo” e “voo”. Da mesma forma, não mais usaremos o acento circunflexo nas terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do subjuntivo de verbos como “crer”, “dar”, “ler” e “ver”, ficando correta a grafia “creem”, “deem”, “leem” e “veem”. Em Portugal, desaparecerão da língua escrita o “c” e o “p” nas palavras onde eles não são pronunciados, como em “acção”, “acto”, “adopção” e “baptismo” – a grafia será ação, ato, adoção e batismo, como no Brasil. Haverá mudanças também no uso do hífen, o alfabeto passará a ter 26 letras, com a incorporação de “k”, “w” e “y”, e o trema não fará mais ninguém tremer, já que desaparecerá completamente. Algumas diferenças lá e cá, porém, serão mantidas: Portugal continuará com o acento agudo no “e” e no “o” tônicos que antecedem m ou n, enquanto o Brasil seguirá usando o circunflexo nessas palavras: académico/acadêmico, génio/gênio, fenómeno/fenômeno, bónus/bônus. Faltam ainda alguns meses para as novas regras começarem a vigorar, mas quem já quiser ir se acostumando (ou antecipar o sofrimento) pode acessar a íntegra do acordo no link www.necco.ca/faq_acordo_ortografico.htm .

Oh, yes, cabrita!

O André Freitas, companheiro de luta lá na Front, tem uma certa tara por cabritas (deve ter crescido em fazenda, vai entender… hehe) e vive pedindo pra todo desenhista que ele encontra pela frente pra desenhar uma cabrita pra ele. Já tem um caderninho cheio de cabritas de um monte de gente, de Eduardo Riso(100 Balas)  à Jill Thompson (Sandman, Scary Godmother) ao Fernando Gonzales (Níquel Náusea) entre outras preciosidades que ele vai postando no flog da Cabrita do mês. E a de julho foi a minha.

E ah, o Freitas tem um estúdio adivinha com que nome: YES Cabrita! rs

Sopa de letrinhas

Charge da semana pro Jornalistas & Cia.

Audálio Dantas, vice-presidente nacional e presidente da representação da ABI em São Paulo, está prestando consultoria de comunicação à UGT – União Geral dos Trabalhadores, nova entidade sindical que nasce esta semana da fusão de três centrais, a Central Geral dos Trabalhadores (CGT), a Social Democracia Sindical (SDS) e a Central Autônoma dos Trabalhadores (CAT), e que terá a participação de cerca de mil sindicatos, que reúnem aproximadamente 8 milhões de trabalhadores.

É tanta sigla com letrinha se juntando que dá até pra fazer uma sopa…

Abs e em breve posto fotos do lançamento da Front 🙂

Lançamento Front 18

É amanhã, pessoal! Não deixem de prestigiar!

a partir das 19h30

Lançamento e autógrafo da
FRONT 18 – ÓDIO

Menor Livraria do Mundo
Jeremias Piano Bar
Rua Avanhandava, 37 – Bela Vista
São Paulo – SP

Colaboraram nesta edição: Al Stefano, Alexandre Montandon, Aloísio Castro, André Freitas, Bira Dantas, Caio Majado, Daniel Esteves, Felipe Cunha, Fernando Real, Gilmar Fraga, hugo, Hugo Araújo, Júlio Brilha, Júlio César, Leandro Dóro, Pedro Cirne, Mário Cau, Mário César, Minêu, Nelson Cosentino, Rebs, Sandro Castelli, Wanderson de Souza.

Até lá!