Nanquim, Som & Fúria #25

Gaby Amarantos

gaby-amarantos.jpg

Gaby já vinha sendo apontada há algum tempo como a nova revelação na música brasileira. Agora com o lançamento de seu primeiro disco, que já emplacou uma música na abertura de uma novela de sucesso, só se fala dela. Goste ou não de seu estilo, é impossível não apreciar sua honestidade e sua autenticidade. No atual cenário pop nacional, tão infestado de fórmulas prontas, de cópias baratas e de letras tão imbecilizantes e machistas, o brilho e a energia dessa embaixatriz da música paraense são um verdadeiro e farto oásis.

Para quem torce o nariz pro tecnobrega, lembre-se de que blues, soul, reagge, jazz, samba, hip hop e outros tantos gêneros musicais um dia também já foram considerados como música de pobre. O trabalho de Gaby também não se restringe a um único gênero, mas também passeia por outros ritmos paraenses, pela música eletrônica e até mesmo pelo sertanejo. Uma salada musical que sairia bem indigesta em mãos menos talentosas. Já aqueles que não tem esse tipo de preconceito, vão se deliciar com uma música genuinamente brasileira pra lá de divertida e que, felizmente, passa longe dessa canastrice emburrecedora que nos assola atualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.